sexta-feira, 1 de novembro de 2013

No Bar do Portuga

A parede do bar ostenta uma placa com a frase: ”Aqui se reúnem políticos, pescadores, publicitários e outros mentirosos.”
Caubi e Haroldo, companheiros de copo de longa data, bebem sua habitual cervejinha de final de tarde no Boteco do Postiga, ou Bar do Portuga, como é mais conhecido. O Postiga é um português meio mal humorado, meio “Seu Lunga”, que vindo de sua terra natal, se estabeleceu no bairro de Itapuã, em Salvador, perto da colônia de pescadores, há mais de 30 anos.
Entre uma “saideira” e outra, os 2 amigos conversam sobre a conjuntura politica nacional e mundial, fotografia, filmes, livros, artes em geral, futebol, mulheres... futebol, mulheres... futebol, mulheres, e o que mais coçasse a língua.
Lá pelas tantas, quando o fim de tarde já é noite, Caubi, colocando a mão ao lado da boca, indaga cochichando:
- Haroldo, você sabe o que aconteceu com os 6 anões de Branca de Neve???
- Eram 7 anões, não 6!!! Responde Haroldo, achando que o erro matemático era fruto de confusão alcoólica
- Eram 7, mas são 6!!! Retifica Caubi.
- Como assim???
- Deixa eu explicar: O Mestre, caiu fora do grupo!!! Como ninguém mais gosta de velho sábio, ficou fora de moda e caro, (muito caro!!!), contrato antigo, desde 1937... foi obrigado a aceitar a proposta de demissão voluntária. Você acha que os Disney são bonzinhos??? O Soneca, foi diagnosticado com depressão crônica, tá internado. O Dengoso, se assumiu Gay!!! Com aquele dengo todo... era uma “boneca”!!! O Atchim (A TiM), acho que foi trabalhar com telefonia, mas quando atende o telefone mais espirra do que fala... Hahhaahhahahhaha  O Feliz, foi descoberto, é usuário de drogas pesadas!!! Também pra ficar feliz o tempo todo... Ah!!! E por que 6??? Porque no Brasil, a gente descobriu, que na vida real o Dunga... é o Zangado!!!
Os dois caem na gargalhada e Haroldo quase engasga com o gole de cerveja.
De trás do balcão, Postiga observa mal humorado, achando que a conversa é sobre ele.
- E que fim teve a Branca de Neve??? pergunta Haroldo.
- Olha, não tenho certeza, mas dizem que... Caubi para e suspira.
- Dizem o que, Caubi???
- Calma rapaz, você tem que aprender a respeitar a pausa dramática... O suspense ajuda a valorizar a história.
Voltam as gargalhadas.
- Dizem Haroldo, que a Branca de Neve fez operação de mudança de sexo, bronzeamento artificial, malhou muito e... virou o Negão, chefe do tráfico de cocaína no morro. E dizem ainda que ela fornece a Branquinha pra toda Hollywood!!!
A onda de gargalhadas soa mais avassaladora ainda, até quem passa na rua para pra olhar.
Notando a atenção dos transeuntes, Haroldo, em uma pequeno momento de vaidade, tira os óculos e guarda no bolso. E interrompendo o riso pergunta:
- Caubi... (com pausa dramática) e tem morro em Hollywood???
- Claro que tem, Haroldo!!! Não tem aquele morro escrito Ho-ly-wu-di??? Responde Caubi, acompanhando a fala com um movimento horizontal do dedo.
- É verdade!!! Tem razão nobre companheiro!!!
Bebem mais um pouco e respiram fundo, tentando voltar à pulsação normal entre as risadas intermitentes.
Pedem mais uma “saideira” para o emburrado português e brindam:
- Que nossas mulheres nunca fiquem viúvas!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário